EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Gêmeos nascidos na Índia são batizados de Corona e Covid

Menino e menina nasceram no estado indiano de Chhattisgarhem durante o período de confinamento do país, e, por isso, receberam os nomes

Publicado em

Um casal na Índia, Preeti e Vinay Verma, decidiu nomear seus filhos gêmeos nascidos em meio à pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) de Corona e Covid.

Os irmãos – uma menina e um menino – nasceram de  no estado indiano de Chhattisgarh, em 27 de março, durante o bloqueio nacional em andamento. A notícia foi veiculada pela TV britância Sky News com informações da agência de notícias Press Trust, da Índia.

“O parto aconteceu depois de enfrentarmos várias dificuldades e, portanto, eu e meu marido queríamos tornar o dia memorável “, disse a mãe dos gêmeos de 27 anos.

Ela disse que o coronavírus era “perigoso e com risco de vida”, mas o surto de Covid-19 também fez as pessoas se concentrarem em saneamento, higiene e adotarem outros bons hábitos .

“A equipe do hospital também começou a chamar os bebês de Corona e Covid, e decidimos chamá-los (assim) após a pandemia”, acrescentou.

Os gêmeos nasceram no Hospital Memorial Dr. Bhim Rao Ambedkar, na capital do estado, Raipur. O casal, originalmente de Uttar Pradesh, vive em uma casa alugada na área de Purani Basti da cidade.

Eles disseram que os nomes os lembrariam das dificuldades que enfrentaram durante o bloqueio.

O bloqueio na Índia manteve efetivamente 1,3 bilhão de indianos em casa em todas as viagens, exceto as essenciais, a lugares como mercados ou farmácias.

Epidemia na Índia

Houve mais de 3.000 casos confirmados de coronavírus em todo o país, incluindo 86 mortes.

Especialistas em saúde ainda dizem que o país pode estar a semanas de distância de uma onda que irá sobrecarregar seu sistema de saúde pública, que já está saturado.

O primeiro-ministro Narendra Modi ordenou um bloqueio de três semanas em todo o país em 24 de março para impedir a propagação do vírus.

O primeiro-ministro afirmou à época que o confinamento era necessário para evitar uma catástrofe humanitária , mas trouxe mais dificuldades aos pobres. Muitos perderam o emprego, as famílias estão com pouca comida e os abrigos para sem-teto estão transbordando.

Fonte: iG 

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em
X