Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Frank Sinatra foi um anti-racista

Frank Sinatra também foi um grande apoiador de Martin Luther King e o ajudou a arrecadar dinheiro para apoiar o Movimento dos Direitos Civis através da captação de recursos.

Publicado em

Frank Sinatra foi um fervoroso anti-racista e um dos primeiros ativistas durante o movimento pelos direitos civis.⁣ Ele se recusou a ficar em hotéis e apostar em clubes que não admitiam negros. Sua banda também proporcionaria remuneração e tratamento iguais para músicos negros.

Foi através de seus esforços incansáveis que Las Vegas se integrou rapidamente ao movimento igualitário dos negros. Em uma entrevista em 2016, Frank Sinatra Jr. disse o seguinte sobre o seu pai:

“Nos dias em que Las Vegas começou a se popularizar, os artistas negros podiam tocar em salas de exibição, mas não podiam ficar no hotel. E foi Frank Sinatra que foi para o conselho de administração, que tinha passado obscuro, e ele disse: ‘Vocês vão entrar no século XX, ou não?’ … Alguém disse: ‘Bem, existem pessoas brancas, existem pessoas negras’…”

Segundo a história, Sinatra disse a eles: ‘O dinheiro é verde. Que tal isso?’ E eles começaram a se olhar enquanto tocava “Davi Sammy, spinning wheels” (cantor negro) e então Las Vegas se integrou.

Continua depois da publicidade

Frank Sinatra também foi um grande apoiador de Martin Luther King e o ajudou a arrecadar dinheiro para apoiar o Movimento dos Direitos Civis através da captação de recursos.

Em 1958, ele escreveu na Ebony Magazine: “Um amigo para mim não tem raça, classe e não pertence a minoria. Minhas amizades são formadas por carinho, respeito mútuo e um sentimento de ter algo em comum. Esses são valores eternos que não podem ser classificados.”

Leia mais: Expressões Populares Brasileiras – A origem de 5 expressões brasileiras

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em
X