Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

E se… O que você faria?

A ressaca da derrota é terrível, porém, mais terrível ainda é saber que ela virou piada.

Publicado em

E se algo que te destrói se transformasse em piada nacional? E se seus piores momentos se tornassem memes? Se o seu vício fosse um bordão? É isso que Fábio Assunção vive há alguns anos.

É bem provável que você também riu na primeira vez que viu o vídeo onde ele aparece bêbado e sob o efeito de drogas.

Ai veio o segundo vídeo. O terceiro. E somente quem não percebeu que aquilo não era engraçado, mas sim um ser humano viciado em mais uma crise, seguiu repetindo “modo Fábio Assunção”.

Continua depois da publicidade

Esse voyeurismo pela dor do próximo, essa inclinação em fazer piada com gente sofrendo, é algo presente em cada um de nós, até que acontece com a gente.

Vício não é legal. Não engraçado. E o Fábio admitiu que era viciado. Em uma entrevista publicada na Veja, ele diz que o medo ainda o acompanha. Ele sabe que a compulsão pode acontecer a qualquer momento.

Acho isso corajoso. Quantos aqui, mesmo não sendo piada nacional, tem coragem de admitir que são dependentes do álcool? De drogas? Garanto que você tem algum amigo que bebe todo dia e não vê problema nisso.

Fábio Assunção não deveria ser mártir nem exemplo pra ninguém. Ele é só um cara, lutando contra seus demônios. Eu tenho os meus, você tem os seus. A gente luta pra vencer todo dia, mas muitas vezes a gente perde.

A ressaca da derrota é terrível, porém, mais terrível ainda é saber que ela virou piada.

Texto: Luide Matos

Leia mais: Felipe Neto esbraveja ódio no The New York Time

1 COMENTÁRIO

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em
X