Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Chapada Diamantina: Natureza e beleza no coração da Bahia

Publicado em

Viajar pelo Brasil a fora é conhecer uma diversidade de lugares, culturas e costumes diferentes, tudo isso dentro de um só país. E isso que é o bom, pois nossa imensidão tem diversos lugares incríveis que valem a pena conhecer.  

Boa parte dos brasileiros acaba escolhendo como roteiro os lugares mais conhecidos, ou mais óbvios (podemos assim dizer). Que tal desbravar e explorar mais lugares desse brasilzão?   

O destino de hoje é um local marcado por sua beleza, e por concentrar uma grande diversidade natural, o Parque Nacional da Chapada Diamantina.  

Continua depois da publicidade

Localizado a aproximadamente 400 km de Salvador (BA), a chapada exibe um cenário de imponentes formações rochosas e vastas planícies cobertas por vegetação rasteira, típica do bioma Cerrado. 

É uma região onde no passado foi ocupada por caçadores de tesouros. Dando assim nome ao local, em alusão à exploração de diamantes na região. Na qual teve fim no ano de 1985, com a criação do Parque Nacional da Chapada Diamantina, sendo hoje cuidado e administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade 

Chapada Diamantina belaza natural no coração da Bahia
Chapada Diamantina belaza natural no coração da Bahia (Foto: Reprodução)

Ir a Chapada Diamantina é a oportunidade de conhecer vários atrativos que o Parque possui, dentre eles o Morro do Pai Inácio, lugar no qual permite uma visão panorâmica de toda a Chapada.  

O turismo na Chapada oferece atividades para todos os gostos, cheias de adrenalinas, como cachoeiras, lindas grutas, mirantes, poços e trilhas. Podendo o visitante desfrutar ao máximo do passeio. 

Atrações turísticas 

A vegetação presente na Chapada Diamantina permite ao visitante se aventurar por toda a região. Espécies da caatinga semiárida em meio a montanhas, onde o turista pode conhecer antigas trilhas de garimpeiros, banhar-se nas cachoeiras do Parque, desbravar grutas, e poder ainda respirar ar puro das montanhas.  

Dentre as principais atrações turísticas do local estão o Morro do Pai Inácio, o Poço Encantado, e Cachoeira da Fumaça, com seus 380 metros de queda livre, sendo uma das mais famosas do Brasil.  

O Morro do Pai Inácio possui uma trilha de 400 metros que liga o asfalto ao topo do morro. De seu pico, é possível ver as serras do Sincorá, da Bacia e da Chapadinha. Para chegar ao Morro do Pai Inácio e chegar até o Pico é preciso caminhar por aproximadamente cinco horas, o local está a cerca de 30 km do centro da cidade de Lençóis. 

O Poço Encantado é um dos pontos turísticos mais procurados da Chapada. A melhor época para visitar o local é entre abril e setembro quando acontece o fenômeno que deixa a água com um azul lindíssimo.  

Leia também: Ilha do Marajó entra na rota do turismo nacional e internacional

Chapada Diamantina: Poço Encantado
Chapada Diamantina: Poço Encantado (Foto: Reprodução)

Pelos caminhos de pedra do local, você encontrará também belezas raras, como orquídeas multicoloridas e cavernas ainda não exploradas. Se aventurar pelos vales e cumes, seja de cavalo ou canoa, saltando de cachoeiras ou escalando a rochas são aventuras que a Chapada proporciona aos seus visitantes.  

A infraestrutura turística da Chapada Diamantina está instalada nos municípios de Lençóis, Rio de Contas Vale do Capão, MucugêIbicoara, Andaraí, IgatuIbicoaraMorro do Chapéu e Palmeiras. Podendo o turista escolher uma dessas localidades como base entre os deslocamentos que realizará pelo lugar. 

A cidade de Lençóis é conhecida por oferecer a melhor infraestrutura turística entre as cidades da Chapada. Igatu, município tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, apresenta belo cenário com ruínas de casas de pedra. A cidade mais antiga do local é Rio das Contas. 

O Morro do Chapéu, um enorme morro em forma de chapéu, é onde tem uma das maiores concentrações de orquídeas da Bahia, e é habitat natural do colibri dourado, uma rara espécie de beija flor. 

Chapada Diamantina: Morro do Chapéu (Reprodução)

Informações básicas de como chegar a Chapada Diamantina 

Avião: O aeroporto internacional mais próximo da Chapada é o de Salvador, a cerca de 400 km.

O aeroporto Horácio de Matos, no município de Lençóis, recebe voos regulares a partir de Salvador e fica a 20km do centro da cidade.  

Van: Se você estiver em um grupo grande, uma opção é alugar uma van em Salvador. 

Ônibus: No Terminal Rodoviário de Salvador há empresas que operam com linhas até Lençóis, Andaraí, Mucugê, Palmeiras e Ibicoara. 

Na Chapada existem rodovias asfaltadas e estradas de terra, onde é possível circular com carros comuns sem necessidade de tração, podendo o visitante alugar um carro, ou usar seu veículo pessoal e cair na estrada. Na internet é possível encontrar guias turísticos com informações sobre a Chapada Diamantina. 

O ideal, para qualquer viagem, passeio é planejar seu roteiro com antecedência! E aí vamos desbravar os quatro cantos do país? 
 

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em