EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

As conversa as escondidas em um tempo de pureza

Um dia, em uma conversa as escondidas, o acordo foi fechado, na primeira oportunidade ela trairia seu amigo e o traidor procurava a oportunidade para entrega-lo os matadores.

Publicado em

Um lugar iluminado, em uma conversa as escondidas, com pessoas bem vestidas que se achavam as possuidoras da verdade, estavam procurando um homem ou uma mulher corajosos, alguém que fosse capaz de trair sem pestanejar. A traidora teria que fingir muito bem quando estivesse na presença do indivíduo que seria traído, ela teria que ser articulada e se necessário até usar de dissimulação.

Capaz de controlar as pessoas que estivessem ao seu redor, se passar por parte do grupo, ouvir e falar as conversas as quais julgaria ser importante, mas sempre com a intenção de matar e causar sofrimento. Usar de palavras violentas e com um desejo insaciável de se tornar importante.

Essas pessoas bem vestidas conseguiram um candidato, ele tinha muitos interesses e buscava satisfazer suas próprias vontades. Não tinha conhecimento da real situação por completo, mas o mais importante: Ele estava disposto a trair. Suas atitudes eram talvez buscar fazer a coisa certa na sua própria visão, mas as consequência que seriam inimaginável.

Um dia, em uma conversa as escondidas, o acordo foi fechado, na primeira oportunidade ela trairia seu amigo e o traidor procurava a oportunidade para entrega-lo os matadores. Então se fez amigo e seguidor, andou por perto e fingiu ser um aprendiz, um ajudante. Conseguiu a confiança e comia junto na mesma mesa.

Perto do traidor já tinham pessoas dispostas a apedrejar e matar. O mesma pensava: “será num almoço? Ou talvez em um jantar? Quando eu terei a oportunidade para concretizar o plano?”

E um dia a traição aconteceu.

Por: Bento Alessandro

Leia também: Delphina Aziz instala container frigorifico como possível necrotério

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em
X