Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

A impolidez nos faz manter o autocontrole

Publicado em

Você conhece alguém vocacionado? A vocação vem do verbo vocacionar, o mesmo que direcionado, orientado e norteado.

Refere-se a propensão, tendência ou inclinação para determinada carreira, por exemplo: Ela é uma jovem vocacionada para a Medicina.

A maior grandeza do ser humano está no amor, na empatia e na percepção da realização mútua, não somente no sentido coletivo fantasioso, hipócrita, financista ou de status, mas, da real felicidade e plenitude.

Continua depois da publicidade

Algumas pessoas precisam entender que durante a jornada das suas atividades, independentemente dos níveis hierárquicos, deverão exercer espontaneamente o autruismo, abnegação do instinto “primitivo” do egoismo e evitar ao máximo o desinteresse pelo próximo.

O que lhe diferencia no meio da multidão?

A aceitação de quem realmente é, ao invés de querer diferenciar-se a todo custo para chamar a atenção do “personagem” chamado eu.

Imagem: Reprodução

O direcionamento ao encontro do sentido da vida, o amadurecimento cultural, intelectual e racional daquele Ser, que além de Ter, evoluiu.

Por um motivo óbvio, algumas pessoas ainda não estão livres das correntes egocentristas que as aprisionam somente a agir por interesse próprio.

Um sistema vicioso que determina sua incapacidade de se importar com os demais.

O mundo precisa de mais pessoas vocacionadas do que de egoístas.

Imagem: Reprodução

Imagine, hipoteticamente, um hospital onde um profissional de saúde está “acostumado” com pessoas doentes e cheias de problemas, para ela, são meros protocolos de atendimentos que viraram paisagens e não mais seres humanos, que foram deixados à margem por sua doença ou comorbidades, eles precisam do seu profissionalismo, apoio, incentivo e cura.

O trabalho de uma pessoa não está somente no alcançar das metas e obtenção dos resultados individuais, por isso, temos que ampliar a visão nas relações sociais para que a nossa rotina não roube-nos a sensibilidade.

Esses resultados não são mais importantes do que a compreensão de que precisamos de habilidades e qualidades internas para servir, amar e repor a dignidade daqueles que precisam de nós.

Acredito que o mestre estava certo quando falou:

Amai-vos uns aos outros como EU vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos. João 13:34-35

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em