Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

A decisão dos Reis

Publicado em

Em um sistema monárquico, cabe a rainha ou ao rei o poder das decisões, eles são preparados para tomar posicionamento mesmo quando as situações são muito difíceis.

E tais decisões já impactaram inúmeras vezes nos rumos das sociedades nos séculos passados, seja com guerras ou acordos de paz.

A diferença é que os reis possuem uma visão de hereditariedade, eles querem perpetuar para sua família a condição de poder em uma continuidade.

Continua depois da publicidade

Rei de prata na vitória de negócios de xadrez ou decisão o caminho para o sucesso. | Foto Premium

Não precisamos ter um reinado para perceber que as nossas decisões também impactam na vida dos outros. Proporcionalmente as consequências serão diferentes no caso de uma tomada de decisão errada.

Leia também: Seja bem-vindo!

Imagine um presidente de uma empresa, um governante público, um juiz de direito, o dono de uma lanchonete ou até um médico quando precisam agir na proporção dos seus trabalhos.

Quem decide deve estar sempre preparado para saber o melhor caminho a ser seguido, as decisões partem de um princípio chamado: Conhecimento.

Quando estamos esclarecidos e conhecemos o cenário em que precisamos atuar, sabemos o quanto é importante a “lucidez” para as tomadas de decisões.

Perceba a quantidade de decisões que tomamos todos os dias, desde uma simples escolha do que vestir, até o que tomar no café da manhã.

7 dicas para tomar as decisões corretas - Mega Curioso

Esse “novo tempo”, nos condiciona a pensar a curto prazo, não temos mais tempo para contemplação, está tudo urgente, os dias parecem que veem com uma carga a mais de cobranças e responsabilidades. Meditar, refletir e abstrair-se viraram sinônimos de loucura.

A sensação de não pertencimento com relação ao coletivo nos torna cada vez mais distantes uns dos outros. Quando alguém não percebe mais o outro, ele deixa de enxergar a si mesmo.

Já ouviu essa frase? Não decidir também é uma decisão. Pois bem, sempre haverá interação e transformação nas relações humanas, a perfeita lei da ação e reação.

Declaração Universal dos Direitos Humanos

Precisamos avançar no quesito harmonia, somos seres inteligentes e poderíamos estar em outro nível com a sociedade. Precisamos de pessoas diferentes sim, porém, com a mesma consciência de humanidade.

O impacto é em círculo o encadeamento é inevitável, estamos relacionados e o laço que nos une são as nossas decisões, o planeta não leva desaforo para casa, pois já estamos dentro de casa.

Cada vez mais o que nos liberta é a nossa mentalidade, sua mente precisa da alforria necessária para decidir o que você quer, o que precisa, para onde quer ir e principalmente para tomar a decisão dos reis.

Por: Júnior Uchôa 

Sobre o Autor: Graduado em Administração, com MBA em Gestão Empresarial pela Universidade de Fortaleza UNIFOR, Coach e membro da SBC- Sociedade Brasileira de Coaching, orador Master pelo IBEDC, Empresário, Palestrante e Escritor.

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em
X