Foto: Divulgação

Os alimentos orgânicos, com produção natural e sustentável, têm ganhado cada vez mais espaço na mesa do brasileiro. Em Manaus, quem está na busca por uma dieta livre de agrotóxicos terá uma nova alternativa para a compra de frutas, legumes, verduras e hortaliças: a Feira da FAS. O evento ocorre no próximo dia 30, a partir das 8h, na sede da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), localizada na Rua Álvaro Braga, 351, Parque 10 de Novembro. A entrada é gratuita.

A partir desta edição, o Espaço Hortifrúti da feira será ocupado exclusivamente por produtores orgânicos. A iniciativa é resultado de uma parceria da FAS com a Rede Maniva de Agroecologia do Amazonas (Rema), que atua no apoio à implantação de políticas públicas para a agricultura orgânica no Estado.

O engenheiro agrônomo e coordenador da Rema, Márcio Menezes, destaca a importância da proposta para os produtores e para os consumidores.  “Espaços como esse proporcionam a democratização do acesso aos produtos orgânicos para a sociedade. Quanto mais pontos de vendas, mais facilidade para quem tem interesse em comprar esses alimentos. Isso garante mais renda e estímulo para os agricultores”, destaca.

A feira terá a participação de 5 agricultores. Entre os alimentos que serão comercializados, estão banana, limão, batata, pupunha e outras opções. Para a produtora Etelvina da Silva, vice-presidente da Associação dos Agricultores da Comunidade São Francisco de Assis, do Rio Preto da Eva, a parceria será mais um fomento ao trabalho de famílias dedicadas a uma agricultura responsável. “A nossa expectativa é poder divulgar os produtos orgânicos para que a população abrace essa causa. Assim, poderemos ocupar mais espaços da cidade com alimentos naturais e saudáveis”, diz.

Benefícios

A conscientização por uma alimentação mais saudável tem estimulado o crescimento do consumo de alimentos orgânicos e a discussão sobre o uso de substâncias nocivas à saúde na agricultura, como agrotóxicos, pesticidas e fertilizantes químicos.

As técnicas usadas no processo de produção orgânica não só visam manter a qualidade do alimento, como respeitam o meio ambiente. Dessa forma, diminuem a possibilidade de danos à saúde da população e de impacto à natureza, conforme explica o coordenador da Rema.

 “O alimento orgânico não possui agrotóxico, nenhum tipo de produto sintético, dessa forma, não agride o produtor e é saudável para o consumidor. Já a agricultura baseada em insumos químicos e mecanização provoca a degradação do meio ambiente, a contaminação do lençol freático e a contaminação do ser humano. Hoje em dia, com a gama de informação disponível na internet, a alimentação saudável ganha cada vez mais evidência. Em Manaus, nós que estamos presente nas feiras e próximo aos agricultores, observamos um aumento de consumo de produtos orgânicos e uma diversidade de pessoas novas que estão começando a procurar essa alternativa”, afirma Menezes.

Além de vantagens para a saúde e meio ambiente, o consumo de alimentos orgânicos garante a integridade cultural das comunidades rurais e a sustentabilidade econômica de pequenos produtores. “Do ponto de vista do agricultor, é um incentivo para que ele possa produzir mais, estimulando também outros produtores que ainda não são orgânicos a integrar esse processo que visa a autonomia, a autoestima e a independência”, conclui.

Sobre a feira 

A Feira da FAS está inserida na Agenda Cidades Sustentáveis da FAS, que desenvolve projetos com foco nos conceitos de melhoria da cidade e sustentabilidade urbana, a partir da mobilização social e engajamento. A realização acontece em parceria com o produtor cultural Jander Manauara e a Sustental Projetos.

A quinta edição reunirá mais de 30 expositores, que apresentarão artigos de decoração, artesanato, moda e gastronomia.  A programação ainda incluirá shows de artistas e bandas locais, atividades para crianças, espaço com opções de jogos eletrônicos e de mesa, entre outras atrações.

Fonte: Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here