Na noite de sexta-feira (09/02), começaram os desfiles do Carnaval de Manaus 2018, no Centro de Convenções Professor Gilberto Mestrinho (Sambódromo), com as apresentações das escolas de samba dos grupos de Acesso A, B e C. Ao todo, 18 agremiações desfilaram na passarela, abrindo o desfile oficial do evento, que tem o apoio do Governo do Amazonas, por meio das secretarias de Segurança (SSP-AM), Cultura (SEC), Assistência Social (Seas), Justiça e Direitos Humanos (Sejusc), Saúde (Susam), além do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), Ouvidoria Geral do Estado, Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur) e Controladoria Geral do Estado (CGE).

As agremiações do Grupo C foram as primeiras a desfilar, com tempo máximo de 28 minutos para cada apresentação. As escolas do Grupo B desfilaram em seguida, com tempo máximo de 32 minutos cada uma. A noite foi encerrada com as agremiações do grupo A. O evento encerrou sem nenhum registro nas áreas de Saúde e Segurança.

Atualmente, os grupos de acesso do Carnaval reúnem escolas de samba ligadas a três entidades representativas do segmento: a União das Escolas de Samba do Amazonas (Uesam), a União Cultural das Escolas de Samba do Amazonas e o Grupo de Acesso Oficial (GAO).

Resgate – Autoridades do Estado participaram da abertura oficial do Carnaval Manaus 2018, como o vice-governador e secretário de Segurança Pública, Bosco Sariva, o delegado geral da Policia Civil, Mariolino Brito, o comandante geral da Polícia Militar, David Brandão, a procuradora-chefe do Ministério Publico, Alzira Melo Costa, a secretaria estadual de Assistência Social, Auxiliadora Abrantes, o secretário estadual de Cultura, Denilson Novo, e o comandante geral do Corpo de Bombeiros, Mauro Marcelo.

Bosco Saraiva ressaltou que este momento e de resgata da historia do carnaval amazonense, com a volta do Carnaboi, que acontecerá na segunda-feira (12). “O público está motivado e esperando um grande Carnaval, que já e tradição no Amazonas. Nós estamos procurando resgatar a nossa história e mostrar para o povo que a nossa cultura e maravilhosa. O povo tem que sentir orgulho do nosso Carnaval que já e tradição“, enfatizou o vice-governador.

O secretario de Cultura, Denilson Novo, falou do resgaste da folia momesca. “Estamos trazendo de volta o Carnaboi e estamos vendo a alegria das pessoas na rua. Este Carnaval 2018 será o Carnaval do resgaste, trazendo de volta para o povo o que eles gostam”, destacou.

“Fizemos um forte esquema no pré-Carnaval conscientizando contra a prostituição, abuso infantil, quanto aos pais não levarem crianças com menos de cinco anos para avenida. Esperamos que a população tenha se conscientizado e tudo ocorra bem neste Carnaval“, ressaltou a procuradora-chefe do Ministério Publico, Alzira Melo Costa.

Atendimento à população – Para quem vai curtir o Carnaval no Sambódromo, o Governo do Estado tem vários pontos de atendimento nas áreas de segurança, saúde e cidadania.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here